Conservatória – Sinônimo de Música

Conservatória – Sinônimo de Música

Conservatória

Uma minúscula cidade do interior do Rio de Janeiro, que tem a música seu ponto alto! |Aos finais de semana há um grande fluxo de turistas. Basicamente o centro da cidade é composto por duas ruas meio paralelas (elas se juntam formando a ponta de um triângulo) e algumas poucas transversais. Na sexta e sábado, a partir das 23 h sai da Casa da Cultura os seresteiros que percorrem a cidade, seguidos pelos turistas que ajudam na cantoria. Após a missa das 9 h de domingo,  há uma solarata onde os músicos se apresentam e os turistas se embevecem!

As sextas feiras na Casa da Cultura, os poetas dá cidade se reúnem e declamam poesias e cantam, tudo isso auxiliados pelos turistas! Aos sábados pela manhã, em frente a igreja, há uma apresentação de Chorinho.

Comércio

Explora bastante o artesanato. Há uma loja onde o proprietário não só vende os livros e quadros com poesias, como também as declama pra gente. Muito simpático e diferente o local. Uma das coisas que fiquei impressionada foi a loja especializada em oratórios, todos pintados à mão pela proprietária, acesse o site e veja que maravilha! http://arteemoratorios.blogspot.com/

Hospedagem

Isso não falta! São inúmeras e cabem em todos os bolsos. Há antigas casas de fazenda, no estilo colonial que abrigam hotéis. Na pousada em que me hospedei, no café da manhã havia músicos, o que foi muito agradável.

Pontos Turísticos

Não são muitos e você dá conta de ver todos num único dia. O que mais gostei foi do Túnel que Chora, um belíssimo trabalho, mas, segundo consta, feito por escravos.

A locomotiva, muito bem mantida, fica próximo a rodoviária, que é uma bonita construção. Ambos são praticamente juntos.

Na Serra da  Beleza há um bonito mirante. Dizem que os OVNIS estão frequentemente nesse local. Particularmente não vi nenhum!

A Cachoeira da Índia, é na verdade um rio que tem uma micro queda d’água e um bosque que a rodeia. Não vi nada de interessante e tão pouco bonito, mas, há quem goste.

A Ponte dos Arcos, fica no caminho do mirante da Serra da Beleza. É bonito, construção antiga, nada mais que isso!

O que mais gostei em Conservatória foram os bares com música ao vivo, tem para todos os gostos. Adorei especialmente um, o Bistrô do Poeta,  onde o músico tocava música estrangeira das décadas de 70 e 80! Amei!

Há um teatro, sala musical (não sei que nome dar), que tem apresentação de artistas locais. No final de semana que estive lá, seria um tributo a Elis Regina. Não posso dizer nada,pois, acabei por não ir. O espetáculo é pago!

Em diversos locais a gente de repente se depara com um cantor se apresentando, uma roda de samba, é uma delícia!

Como chegar?

Vindo de São Paulo, deve pegar a Via Dutra até Barra Mansa, RJ e utilizar a saída 265, através da BR 393, em direção a Três Rios. Depois seguir por 47 quilômetros até o acesso a Barra do Piraí, onde também pegará a estrada (à esquerda, quase nada de  sinalização)  para Conservatória. São mais 26 quilômetros. Esse trecho está sofrível, não dá para desenvolver velocidade.

Onde comer?

Em todos os restaurantes que comi, gostei, os pratos são bem servidos, então,  com certeza, qualquer um  que você escolher, irá gostar.

Ponto negativo:

Apesar da cidade girar em torno da música, os habitantes locais não sabem informar praticamente nada, tipo ficar perguntando: vai ter tal coisa hoje? Será que tem isso amanhã? Enfim, a desinformação é total. Antes de ir pra Conservatória, tomei o cuidado de entrar no site e escolher uma data específica, no caso, no final de semana que haveria corais se apresentando! Não só não ouvi nenhum, como, absolutamente ninguém sabia! Senti certo amadorismo na divulgação, https://www.conservatoria.com.br/

Fechar Menu