Viena, a terra de Sissi

Viena, a terra de Sissi

Viena fica no coração da Europa, mas também é vista como pertencente ao Leste Europeu. Capital da Áustria, da Imperatriz Sissi, casa de Mozart, Strauss e Freud, é uma benção!

Possui muitos parques com verde em abundância, com um detalhe surpreendente: cães não podem frequentar esses ambientes! Os animais podem andar em todos os meios de transporte público, ir a restaurantes mas não podem ir aos parques!!! Estranho, né?!

Como se locomover?

Eu quando vou conhecer uma cidade, geralmente contrato uma guia que fale a minha língua. Essa opção, apesar de não ser muito barato, compensa, pois, lhe dá perfeita e boa noção sobre a cidade, sua história e suas particularidades. Outra opção, que pode ser SOMADA, é  ingressar nos ônibus de turismo hop on e hop off. Primeiro porque você passa a ter uma visão geral sobre a cidade e facilita seu deslocamento a pé e ainda lhe dá a oportunidade de conhecer os pontos turísticos a seu tempo. Se não forem suficientes essas razões, regra geral, você tem liberada entrada em uma série de atrações ou um bom desconto nas mesmas. Acho que compensa!

Imagem relacionada

Sugiro que você contrate seus deslocamentos já sabidos, (aeroporto, estação ferroviária) com antecedência, via internet. Funciona, são pontuais, você paga o preço justo por meio de cartão e não fica a mercê da desonestidade dessas pessoas inescrupulosas!

O ingresso para o transporte público é adquirido nas máquinas self service e deve ser validado ao adentrar no veículo. Eventualmente aparece fiscal e é bom você apresentar seu bilhete validado, caso contrário, o prejuízo será muito grande, além de não ser honesto viajar sem pagar!

O que conhecer?

Tudo! Tudo que der tempo!

O centro antigo de Viena lhe proporciona a possibilidade de conhecer uma boa parte dos principais pontos turísticos e você pode conhecer a pé ou utilizando os meios de transporte público que são muito eficientes. Procure saber se há descontos para grupos, para vários dias, enfim, de acordo com sua  disponibilidade de tempo você escolhe a melhor opção. Dica: para aqueles que tem alguns dias em Viena, sugiro adquirir o Viena Pass,  pode ser comprado no site oficial:  https://www.viennapass.es/ , ou comprar lá mesmo, há diversos pontos de venda nos principais pontos turísticos. Fiz uso dele e achei muito bom! Você tem passagem livre por inúmeros museustem ônibus hop on hop off gratuito, enfim, é uma alternativa excelente, e você pode adquirir por 24, 48, 72 horas. Existe, pelo menos, mais uma empresa que oferece serviços semelhantes, como não o utilizei, não sei precisar a qualidade do mesma. Dê uma olhada nesse mapa e observe que no centro tem muitos dos pontos turísticos que vale conhecer. Citarei abaixo o que acho imperdível  em Viena.

 

Resultado de imagem para mapa com pontos turísticos de viena

 

  • Naschmarkt, é um mercado onde você encontra de tudo, frutas, verduras, pães, doces, chás, souveniers (aliás, é o local mais barato de Viena) e muitos restaurantes que oferecem toda sorte de alimentos. É imperdível.

  • Muito próximo ao Naschmarkt, exatamente 511 m de distância, coisa de 8 minutos a pé, você depara com a Igreja de São Carlos, linda! Se der, assista a uma apresentação de música lá. Eu assisti uma obra de Mozart! Acústica muito boa! Vale muito!

 

  • Ópera de Viena, também muito próximo do mercado. É um prédio imponente, bonito, ocupa praticamente um quarteirão. Os ônibus de turismo fazem seu ponto final po lá, sempre tem pessoas vendendo espetáculos musicais em cada esquina, enfim, é imperdível!

 

  • Palácio Schönbrunn, distante da cidade, foi a antiga residência de verão da monarquia vienense, está aberto a visitação. Se você tiver adquirido o Viena Pass, com certeza, terá acesso ao museu gratuitamente, ou seja, está incluso no valor pago. Há audios inclusive (o que é  muito raro) em português! O que eu mais gostei nesse passeio, foram os jardins que se encontram atrás do palácio. É belíssimo!

 

  • Palácio Hofburg, que foi durante mais de 600 anos o local de residência dos Habsburgo. É um local muito visitado pelos turistas. Dentre a enormidade do complexo, a visita mais importante,  é a que inclui os Apartamentos Imperiais (Kaiserappartements), o Museu de Sisi e a Prataria da Corte. Fotos do Museu da Sissi são proibidas. Aqui, a exemplo do Palacio de Schönbrunn, tem audio em português, que é imprescindível para se conhecer as particularidades.

  •  Museu de História Natural (Naturistoriches Museum), situado no bairro dos museus, foi um dos meus escolhidos para visitar, haja vista, o tempo exíguo para ir em outros. Comecei a me encantar pela belíssima construção e a riqueza de detalhes nas pinturas.

Quem estiver com criança, é interessante mostrar os dinossauros, inclusive automatizaram o esqueleto, e o mesmo emite sons e se mexe. As crianças ficam boquiabertas (nem sempre só elas!!!)

 

  • Museu do Freud, muito pequeno, situa na própria casa em que Freud morou. A meu ver, não faz jus a esse  psicanalista tão ímpar.

 

 

  • Igreja Votiva do Divino Salvador, de uma arquitetura em estilo neogótica,é verdadeiramente linda!

 

  • Catedral de São Estevão, no coração da cidade de Viena, na  Stephansplatz.

 

 

 

 

Dicas:

  1. Há uns tótens espalhados pela cidade que oferecem água pura para você encher sua garrafinha ou tomar no próprio por meio de um bebedouro. Achei fantástico isso! Deveria ser copiado por todas as cidades que tem forte apelo turístico e quiçá, outras que se preocupam com a população!
  2. Cuidado com os motoristas de táxi, infelizmente, nem todos são honestos. Fui vítima de alguns deles!!!
  3. Não deixe de assistir a uma apresentação musical, seja nas igrejas ou em teatros! Tem vendedores de espetáculos em cada esquina e é confiável. Não perca a oportunidade!

Fechar Menu